25.3.16

Aprender a cozinhar + Canais no YouTube de receitas


Para cozinhar é necessário ter paciência, vontade e metodismo, três coisas que não tenho em abundância.... Talvez seja por isso que eu estou à beira da maioridade e mal sei fritar um ovo sem explodi-lo no micro-ondas – sim, já fiz isso.
Pois é, enquanto minha mãe já sabia fazer ceias de Natal com quinze anos, eu estou entrando na faculdade e queimo refeições até no The Sims! Afinal, meu lema até hoje foi: “Dê-me uma equação para resolver, mas não me dê um frango para assar. ”.
Exageros à parte – vocês não acharam que o lema acima era real, né? – eu tenho uma variedade bem pequena de receitas aprendidas, e a maioria são sobremesas, coisas de micro-ondas (Deus dos noobs em cozinha) e lanchinhos, nada de comida “de verdade”.
Aí vem a pergunta: se você não sabe cozinhar, por que criou uma categoria de receitas no seu blog? Para aprender, claro! Vou usar meu tempo livre para aprender, testar, modificar e adaptar receitas para depois passar para vocês!
Vou usar duas fontes de conhecimento para cumprir essa missão: a internet (principalmente o YouTube), ou seja, se você tem um bog, canal, podcast, etc. sobre culinária, vai logo deixando aí para mim. E a minha mãe, que tem mais a me ensinar do que a internet – quando ela estiver com paciência, claro (papai sabe cozinhar também, mas ele que não tem paciência para me ensinar mesmo haha).
Agora vou deixar aqui dois canais de receitas que eu conheço há um tempo e já considero pacas. Super indico. ;)

Ana Maria Brogui
Eu sei, todo mundo conhece esse canal! Mas não custa nada reforçar o quanto é bom. Tem receita de tudo lá, mesmo. Mas se você for fitness, é melhor passar longe haha.



Cozinha pra um
Nesse canal que eu aprendi a minha primeira receita que a minha mãe não sabia! A receita era gelatina mosaico, super fácil, mas marcante. Assim como o Ana Maria Brogui, tem de tudo aqui.



Vou deixar para aprender coisas “clássicas” como o feijão e arroz de cada dia com a já citada aqui mamãe. HAHA. Bem gente, espero ser menos pior na cozinha daqui para frente e que até o próximo post eu não exploda nada. Os ovos e o micro-ondas agradecem.