16.4.16

UM | Escrevendo meu pseudolivro

[ Quando comecei a escrever: 26 de março de 2016
Palavras escritas até agora: 13.254
Capítulos: 4 ]

Por mais que eu seja uma pessoa “de exatas”, sempre gostei de escrever – exceto redações do ENEM – desde mais nova. Comecei tendo blogs, muitos deles, e com eles minha escrita evoluiu bastante. Certo dia, graças a uma amiga, descobri o mundo das fanfictions; escrevi várias coisas de Harry Potter (inclusive postei uma no Nyah) e algumas coisas originais, mas nada que fosse excepcional.

Então a vontade de escrever algo maior que uma fanfic surgiu, e após ver o diário de escrita de alguns yotubers (colocarei os links no final do post) eu recebi o empurrão para escrever meu livro! Quer dizer... não. Não é um livro. Não pretendo enviar para editora alguma, pois creio que ainda não tenho experiência para isso, vou apenas colocar em formato de e-book e disponibilizar o download grátis aqui no blog e também vou publicar em alguns sites como o Nyah Fanfiction.

Como chamar algo que não chega a ser um livro, mas que é bem mais que minhas fanfics de Harry Potter? Pseudolivro! Haha. ~traduzindo: uma história boa demais para alguma editora manipular neste sistema capitalista #teoriadaconspiração ~
Bem, vou dizer o segredinho que tornou esse pseudolivro melhor que as outras coisas que escrevi: planejamento e pesquisa. O dia 26 de março, primeiro dia de escrita, eu usei apenas para pensar e planejar a história que eu já tinha na cabeça; pesquisei sobre vestimentas, nomes de personagens, cenários etc; coloquei o tema central de cada capítulo bem certinho; uma pequena biografia dos protagonistas. Fiz tudo isso no site/app trello – ele é muito bom, ainda farei um post só dele –, é o mesmo app que a Pam usa, peguei a dica dela!

Sem contar que minha escrita está bem melhor graças aos meses de curso de redação que fiz para o Enem ano passado, mas também já tenho uma amiga para me ajudar na revisão – lembra da que eu falei no início do post que me apresentou ao mundo faz fanfics? – e por ser minha miguxa-tamo-junto ela não vai me cobrar nada por isso! Eu não ia pagar mesmo...
Bem gente, eu confesso que ainda não tenho uma rotina de escrita, tem dias que escrevo bastante e tem dias que nem abro o documento; mas já sei de uma coisa: escrevo melhor à noite. Normalmente depois das 19 horas eu coloco uma playlist de músicas clássicas ou essa aqui e começo a escrever.

Aliás, eu escrevo no Word e constantemente faço backup no documento no meu Dropbox. ~morta de medo de perder tudo caso os illuminatis achem minha obra estarrecedora demais para o nosso mundo e apaguem~

Bem gente, até agora ainda não tive nenhum bloqueio criativo graças aos miniresumos dos capítulos que fiz no trello, mas ainda estou no início da história. Aliás, acho que vai ter um segundo livro após esse, pois ainda não vou conseguir finalizar tudo que tenho em mente neste primeiro (a menina tem mania de grandeza e quer fazer uma saga de 7 livros e 3 spin-offs na primeira vez que escreve).

Eis o meu grande problema: nome do livro. Não passa uma mínima ideia na minha cabeça haha. ~ pensei em a garota que não roubava livros e o carcereiro de Azkaban ~
Bem pessoas, vou tentar atualizar essa pequena série constantemente até finalizar a escrita! Espero ajudar os que querem escrever um livro ou que estão nesse processo. Se você é um escritor mais experiente, aceito dicas viu.

~~~Links úteis que ajudam em minha jornada inesperada~~~