13.4.16

Viagem para o interior | Fotos

Minha família por parte de mãe é do interior do Estado (para quem não sabe, é o Pará), e muitos vieram para a capital, que é Belém (como minha mãe). Mas grande parte da família ainda mora no interior, inclusive minha avó, que vive em uma casinha de madeira ribeirinha, em uma parte povoada e um pouco urbanizada da floresta amazônica.
A cidade mais próxima da casinha da minha avó é Cametá, que fica a 300 km da capital do Estado. Em 3 horas de viagem de ônibus e mais 20 minutos de barquinho (conhecido por pô pô pô haha) eu chego no local onde passei grande parte de minha infância e que eu trouxe algumas fotos hoje.
Essas primeiras fotos são da vista que tenho da casa. Esse rio é o Tucuruí e é habitat de peixes (não tão abundante quanto fora há décadas), botos, cobras. Mamãe diz que na infância dela haviam jacarés.

O rio tem ciclos. De 12 em 12 horas ele enche bastante (nas épocas chuvosas ele inunda muitas áreas) e seca também, mostrando bancos de lama e areia – nesses últimos nós vamos pegar sol e jogar bola.

  
A maioria das pessoas de lá tem olhos pequenos – como eu – por conta da forte presença de características indígenas; isso faz com que muitos se confundam pensando que sou descendente de algum povo oriental.
Mas também, por incrível que pareça, há muitos loiros de olhos claros também! Pois houve forte presença de mercadores franceses na região (inclusive, a família da minha avó).

A fauna no local não chega nem perto da fauna da floresta “de verdade”; não existem mais onças e é bem raro encontrar macacos. Mas ainda há muitas aves e insetos; sem contar que há uma variedade imensa de árvores. É tudo natural: cacau, manga, carambola, açaí, etc. Aliás, se você oferecer açaí com granona/banana para algum paraense, ele provavelmente vai dizer “eca” – a maioria come apenas com farinha de mandioca, eu sou um pouco exagerada e coloco açúcar.
Não é por nada não, mas por que algumas pessoas enchem açaí de bagulho? Haha.
Bem gente, isso não é nem a metade da cultura e das coisas que fazemos lá. Nas próximas vezes que eu for lá, vou tirando mais fotos. ;)