1.6.16

Minha tarde na Feira Pan-Amazônica do Livro

Quem mora nos estados do norte do país já está habituado com a Feira Pan-Amazônica do Livro, ou simplesmente feira do livro; ela é similar à Bienal do Livro que tem no sudeste do país e ocorre anualmente (já está no seu vigésimo ano). Têm palestras, apresentações culturais, visita de autores e, é claro, muitos livros!
No post de hoje falarei um pouco sobre como foi minha tarde lá, os livros que comprei e algumas fotos!


A feira ocorre no Hangar, um centro de convenções de Belém. Desde que eu me entendo por gente que a feira é realizada lá, pois muitas pessoas visitam e o Hangar deve ser um dos únicos espaços da cidade que comporta tanta gente! Sem contar que o local é lindo.
Além de inúmeros estandes de livros, existem outros espaços (como este acima) que combinam com o tema do ano(normalmente é uma homenagem a um autor ou país). Ano passado o tema foi Índia e a decoração estava linda; o tema desse ano é diferente, é o nosso planeta: a Terra.
Passei cerca de 2 horas explorando os estandes em busca de livros difíceis de achar e também bons preços. O segredo é ir nas promoções e garimpar livros bons, pois, se não explorar bastante, o preço é o mesmo das livrarias convencionais.


Depois das compras, fui com meu irmão até a praça de alimentação e me joguei na tentação de um estande da Nestlé de sorvete a quilo! Era o único local que estava sem fila, então fomos lá; o meu sorvete foi 9,75(sim, o quilo é caro!) mas tem a vantagem de escolher a combinação que quiser. ;)







Depois de tudo, fomos até a parte de fora do Hangar, onde têm esse espaço bem bonito com lago artificial, gansos, peixes e aquela árvore imensa que deve ter uns 100 anos! Fiz ele tirar umas fotos minhas para atualizar o IG, é claro ;). Por último tiramos uma selfie e fomos para casa! Haha.


Para finalizar, o mais importante, os livros! O primeiro livro que comprei foi o 20.000 Léguas Submarinas do Jules Verne, que é um clássico; a edição é a capa dura da Abril e foi apenas 10 reais! Eu nunca li nada do autor, espero gostar.
Depois comprei um do tão conhecido Bukowiski. Ele não foi tão barato quanto o primeiro, mas é bem difícil encontrar livros dele por Belém (e sempre que encontro, é mais de 30 reais). Nunca li nada do autor, também, mas pesquisei bastante e muitos consideram Misto Quente um dos melhores para começar. Foi 26 reais.
Após isso, comprei uma HQ! Eu estou colecionando essas HQ's de Star Wars, pois elas vendem na Saraiva daqui; porém, lá só tem os episódios I e II, então é claro que comprei o ep. III quando encontrei. Foi 26 reais também.
Por último o mais caro dos 4! Eu vi Ponto de Impacto bem quando cheguei na feira e queria logo comprar, pois é um dos únicos livros do Dan que ainda não li (não li esse e A Conspiração), mas ele estava com preço de livraria (35 reais) e é fácil de encontrar; deixei ele para comprar apenas se sobrasse dinheiro. Depois de lanchar, fui contar meus trocados e tinha 35 reais certinho! Então trouxe o livro. ;)
No total foram 97 reais gastos em conhecimento! E mais 9,75 em açúcar. Além de ter sido uma ótima tarde. ;)