7.1.17

Leituras de 2016

Antes de qualquer coisa, feliz ano novo a todos os seres que passeiam por este site (um pouco atrasado). Que 2017 seja um ano fantástico a todos nós, que as coisas boas de 2016 se multipliquem! Para dar um ponto final em 2016, resolvi fazer uma breve retrospectiva literária deste ano, para abrir portas aos novos livros que virão.
Bem, os últimos dois anos não foram muito proveitosos no âmbito literário. Li bem pouco em 2015, e um pouquinho mais em 2016. Mas esse ano novo está aqui para mudar essa perspectiva! Vamos falar um pouco dos lidos de 2016.

A guerra dos tronos
Comecei o ano relendo esse “pequeno gigante”. Havia lido este em 2014, mas esqueci dos detalhes; tenho interesse em ler toda a série, então reli o título inicial. Dispensa comentários de qualidade.
O pequeno príncipe
Sempre quis ler, e não me arrependi. Uma leitura leve e muito inspiradora.
O símbolo perdido
Era o último da coleção de livros do personagem Robert Langdon que eu não tinha lido. Não é tão bom quanto os outros, mas é uma leitura impressionante.
Mentes perigosas
Um livro sobre psicopatas que não trouxe muita relevância para mim. Tem resenha aqui.
O natal de Poirot
Mais um livro da maravilhosa Agatha Christie! Vale muito a pena, se você gosta de mistérios policiais que parecem não ter solução, ainda com um climinha de natal britânico.
Um estudo em vermelho
Uma das histórias de Sherlock Holmes que tem na coletânea que comprei. A história é boa, mas não me apeguei à escrita do autor. Quando se trata de mistério policial, ainda prefiro  a Agatha Christie.
Joyland
Finalmente posso dizer que li um livro do Stephen King! Comecei por esse, que é um livro bem pequeno, comparado aos outros do autor. A história é fantástica, muito bem ambientada; também gostei muito do estilo de narrativa.
Paul McCartney – Uma vida
Li a biografia do meu beatle favorito, e confesso que alguns sonhos meus sobre a banda foram destruídos. Mas mesmo assim foi maravilhoso entrar no universo do artista!
Quem é você, Alasca?
Li dois títulos do John Green anteriormente que me deixaram desmotivada a ler este. Porém finalmente criei coragem, e não me arrependi. É um livro cliché e diferente ao mesmo tempo! Começa como um drama adolescente que se torna algo mais profundo. É o único livro do autor que realmente recomendo, dentre os que li.
A fúria dos reis
Após Guerra dos Tronos, precisei tomar um fôlego antes de entrar novamente no denso universo de Martin. Mas finalmente li o segundo da série e achei ainda melhor que o primeiro!
Donnie Darko
Depois de ver esse conhecido filme, e assistir várias explicações do mesmo, fiquei louca para adquirir o roteiro lançado pela Darkside! É um livro muito completo e bem feito, amei lê um formato diferente – roteiro de filme.
Poliana
Havia um tempo já que eu queria reler esse clássico da minha infância, uma leitura agradável e com ótimas lições de vida.
Cemitério de Dragões
Foi um livro confuso, porém bom. Seu diferencial é que foi escrito por um brasileiro! Ainda não decidi se lerei a continuação.
Harry Potter and the chamber of secrets
Decidi reler a série Harry Potter em inglês, pois além de ser bom sentir que estou lendo exatamente o que a JK escreveu, eu pratico essa linguagem!
O fantasma da ópera
Um clássico que estava acumulando poeira em minha estante. É uma leitura boa, mas com um romance meloso demais, como era comum em livros antigos. O filme é bem melhor, afinal, tem a trilha sonora fantástica.
A maldição do tigre
Esse livro me irritou em alguns momentos, por eu não ser muito fã da protagonista, mas mesmo assim me apeguei a ele – talvez por conta de detalhes da cultura indiana e por conter tigres – então pretendo sim ler os próximos.

E o total foi de 16 livros lidos, o que dá em um pouco mais de um por mês – não considero o suficiente para minha rotina – mas mesmo assim gostei dos livros que li! Vale ressaltar que A Guerra dos Tronos e A Fúria dos reis são super densos e juntos valem por uns 4 livros pequenos. :DD
Mas mesmo assim, não vou ficar dando desculpas! Pretendo fazer com que 2017 seja bem melhor, lendo 2 ou 3 livros por mês – se a faculdade e a preguiça me permitirem.
Também acho válido mencionar as HQ’s que li este ano:
- Penadino | Vida
- Fiona e Cake (6 vol)
- The Wicked and the divine (3 vol)
- Marceline gone Adrift (6 vol)

Em 2017 continuarei dando foco nos livros, mas continuarei fazendo posts de HQ’s que quero ler, como já faço, talvez bimestralmente desta vez.
E é isso! Caso queiram saber, o primeiro livro que estou lendo em 2017 é Garota Exemplar. Até o próximo post!